Notícias

77% dos investidores em criptomoedas pretendem aumentar seu portfólio

O mercado de criptomoedas continuará com grandes potenciais de aportes de investimentos. Pelo menos no que depender do resultado de uma pesquisa realizada pela Waves.

A pesquisa foi realizada em novembro e reuniu 678 investidores de criptomoedas em vários países ao redor do mundo. Os principais países analisados pelo levantamento foram Estados Unidos (14%), Rússia (10%), Turquia (6%), Brasil (3%) e o grupo de países da União Europeia, o qual teve a maior amostra (44%). Mais da metade dos participantes possuem entre 25 e 35 anos (54%).

Os resultados do levantamento mostraram que 77% dos entrevistados revelou que tinham a intenção de aumentar a sua exposição em criptoativos até 2018. Além disso, a pesquisa também mostrou que os entrevistados veem países como Japão, Rússia, Coréia do Sul e Estados Unidos como os países com maior probabilidade de liderar o grupo de nações que efetivamente vão introduzir as criptomoedas e a tecnologia blockchain nas economias locais.

Outros números a serem destacados: 65% dos participantes revelou nunca ter investido em outros ativos além de criptomoedas. 51% acreditam que as criptomoedas serão integradas as economias locais nos próximos cinco anos.

Em relação a objetivos, a porcentagem de investidores que declarou comprar moedas pensando no longo prazo (holders) foi de impressionantes 90%, enquanto 29% revelou que comprava com o objetivo de especular no curto prazo. 49% deles declararam ter obtidos os maiores retornos financeiros em bitcoin, seguido por 30% que declararam o Ether como a moeda mais rentável da sua carteira.

Para 27% dos entrevistados, o Japão será o novo líder mundial do mercado. Rússia e Coreia do Sul vieram logo atrás, com 15%, seguido dos Estados Unidos (14%).

O CEO e fundador da Waves, Alexander Ivanov, comentou os resultados da pesquisa:

“Apesar dos temores de muitos especialistas sobre a formação de uma bolha no mercado de criptomoedas, os investidores não pretendem reduzir seus investimentos nesse tipo de ativo. 77% dos entrevistados sustentaram que, no próximo ano, aumentariam sua exposição. Ao mesmo tempo, os investidores estão conscientes dos riscos potenciais. 51% deles consideram os riscos de perda de fundos moderados e um em cada cinco reconhece um alto risco”.

A pesquisa realizada pela Waves revela uma tendência de nível mundial. Em novembro desse ano, o Criptomoedas Fácil realizou uma pesquisa com a sua base de leitoras e constatou que 70% delas tinham planos de continuar investindo em moedas digitais, seja mantendo as posições atuais ou comprando novos ativos. A pesquisa revelou que a média de mulheres brasileiras interessadas em investir no mercado é superior a média mundial, revelando um grande interesse potencial em nosso mercado.

O objetivo da pesquisa lançada pela Waves foi exatamente o de identificar as tendências da indústria e verificar as preferências dos investidores desse mercado. No que depender dos resultados, podemos ter aumentos promissores da demanda mundial – e, consequentemente, nos preços dos ativos.

A Waves, responsável pela pesquisa, é uma plataforma blockchain open-source que provê aos seus consumidores a oportunidade de criar, transferir e vender tokens. O link da pesquisa pode ser acessado aqui.

Fonte: Criptomoedas Facil

Deixe sua opinião