Notícias

Abaixo-assinado pede que o COI reconheça a Ripple como a criptomoeda oficial das olimpíadas de 2020

Que o Japão se mostrou um mercado onde as criptomoedas passaram a ser amplamente aceitas e bem vistas não é nenhuma novidade. Com uma das regulações mais amigáveis do mundo, o pais se mostrou um verdadeiro celeiro de proliferação de negócios na área.

Aproveitando o cenário positivo, um entusiasta da moeda decidiu dar um passo que, no mínimo, pode ser chamado de ousado: lançar uma petição online para tornar uma criptomoeda como a moeda oficial dos Jogos Olímpicos de 2020, que serão realizados em Tóquio, capital japonesa. O bitcoin? Não, a Ripple (XRP).

A petição foi criada no site Change.org, ferramenta de criação de petições on-line, e direcionada ao Comitê Olímpico Internacional (COI), órgão responsável pela realização dos Jogos. Seu criador, o usuário Ken Takahashi, argumentou em favor do uso da criptomoeda alegando que o uso dela facilitaria as barreiras de pagamento e custos de conversar resultantes da enorme massa de turistas que visitaram a cidade na época do evento. “O pais anfitrião sempre se depara com problemas relativos a infraestrutura, transportes e troca de moeda”, afirma a petição.

Por fim, a petição fala sobre a alta velocidade de transação da Ripple como uma possível e eficiente solução para o “aumento da demanda por moeda local.” “Acreditamos que a agilidade e segurança das transações na Ripple podem ser uma grande solução para resolver esse problema“, finaliza o texto.

Criada há duas semanas, a petição já obteve 1600 das 2500 assinaturas pedidas pelos organizadores. O documento obteve destaque entre a comunidade, sendo postado inclusive no fórum Bitcointalk.

Criada com o objetivo de ser um protocolo de cambio e transferencias e de fornecer suporte ao sistema bancário, servindo como tokens que representem qualquer coisa (desde bitcoin até milhas de viagens) a Ripple experimentou uma recente alta no seu preço, indo de 0.27 centavos de dólar para mais de 1 dólares por XRP. A moeda vem chamando a atenção de inúmeras instituições, como o American Express e o Santander, as quais já demonstraram interesse em utilizar a tecnologia para registro de transações e para aplicações de segurança, devido as suas baixas taxas e velocidade de funcionamento.

Se essa atenção sera suficiente para levá-la a uma olimpíada, só os próximos anos dirão.

Fonte: Criptomoedas Facil

Deixe sua opinião