Artista brasileiro aceita Bitcoin como forma de pagamento por suas obras

O grafiteiro e artista brasileiro Cris Rodrigues é o mais novo “adepto” das criptomoedas e anunciou com exclusividade ao Criptomoedas Fácil que passou a aceitar Bitcoin como forma de pagamento para suas obras. Recentemente, o grafiteiro foi premiado na Art Brazil, uma importante exposição de artistas brasileiros que acontece na Flórida, EUA, e que neste ano contou com  52 artistas e 208 obras em exposição.

Rodrigues revelou que já tinha ouvido falar de Bitcoin algumas vezes mas nunca tinha parado para pesquisar e entender a tecnologia, no entanto, este ano, impulsionado por um amigo que é entusiasta, resolveu buscar mais informações e se surpreendeu como as criptomoedas podem significar uma nova transformação na economia e como elas estão interligadas com a temática de seu trabalho.

“O grafite surge nos EUA ligado ao movimento HipHop e à uma ‘luta’ dos negros por afirmação de sua cultura, e, a partir daí, ele se expande para o mundo, inicialmente ligado a um movimento de protesto, como um grito daqueles que permaneciam sem voz nas periferias e foi se expandindo até ganhar o mainstream e as principais galerias do mundo, como a Sothebys que vivenciou um acontecimento incrível recentemente com uma obra do Bansky, assim também tenho entendido que é a história do Bitcoin, que nasceu também como um ‘grito’ dos cypherpunks por liberdade e mudanças no sistema econômico e hoje vem ganhando espaço, mudando todo um sistema econômico, incluindo pessoas neste sistema e dando voz àqueles que ansiavam por uma mudança nas regras do jogo”, afirma Rodrigues.

O artista, que já expôs em todos os continentes e em mais de 30 países, destaca que também viu, por meio do trabalho de Kevin Abosch e da recente parceria com WeiWei, como as criptomoedas podem ser utilizadas como forma de expressão artística,  embora o estilo deles não seja o mesmo do brasileiro.

“Pesquisando sobre o tema, vi como estes dois grandes artistas trabalharam com essa tecnologia para questionar o sistema e essa sociedade ‘liquida’, como diria Zygmunt Bauman.”

Além de galerias de arte, os trabalhos de Cris Rodrigues podem ser adquiridos diretamente com o autor ou por meio das redes sociais do artista.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e barba