Notícias

Australiano Conta História de Como Perdeu 1000 Bitcoins

Um homem australiano contou sua história para uma mídia local sobre perder o que seria hoje o equivalente a uma quantidade de sete dígitos, sublinhando que isso deve servir de aviso contra o armazenamento de chaves privadas em um dispositivo de armazenamento barato.

Alex Minerou Bitcoin no final de 2009

Quando Alex começou a minerar o bitcoin, ele estava fazendo isso apenas por curiosidade tecnológica e não achava que o bitcoin viesse a ter o preço que tem hoje. Alex relata: “Na comunidade tecnológica, não achavamos que o bitcoin seria tão grande”, afirmando que ele “entrou na mineração apenas por diversão … Foi apenas para aplicar nosso hardware em uma rede global, algo novo. Nos primeiros dias da GPU [unidade de processamento de gráficos], um único cartão poderia minerar algumas moedas por dia”.

Alex escolheu armazenar sua carteira em um USB e não pensou em seus bitcoins até descobrir que o preço atingiu quase US$ 1000 em 2013. Depois de se arrumar para encontrar o dispositivo de armazenamento, Alex afirma que “colocou o USB de volta para tentar acessar o arquivo, mas ele havia morrido. Era um [USB] daqueles baratos feitos na China”, disse ele.

“Se minha esposa sabe, estou morto”

Os aproximadamente 1000 bitcoins de Alex valeriam mais de US$ 9 milhões a preços atuais. Ele descreve o acontecimento como o “pior erro da minha vida”. Alex afirma: “O pensamento era que estava offline, não no meu PC, então, no caso de algo ruim acontecer com o PC – [se] explodisse ou [ foi] pirateado – eu ainda tinha um backup … Nunca faça backup de nada em um disco barato da China ou em USB. ”

Apesar do acidente, Alex perseverou com a criptomoeda e afirma que ele extraiu “muita” Ethereum no início do ano, acrescentando: “Um dia, talvez Ethereum possa restaurar o que perdi com o bitcoin”.

 

Fonte:Portal do BTC

Deixe sua opinião