O banco central das Filipinas aprovou duas novas exchanges de criptomoeda, elevando o número total de exchanges de criptomoedas credenciadas no país para 5. Enquanto isso, as transações de criptomoedas vêm crescendo no país.

Coins.ph já faz sucesso no país

A primeira exchange aprovada foi a Betur Inc, também conhecida como Coins.ph, que foi aprovada em setembro do ano passado. Um mês depois, a Rebittance Inc. foi aprovada. Então, em maio deste ano, a Bloom Solutions foi aprovada como a terceira exchange de criptomoedas do país, detalhou a Philstar.

Transações com criptomoedas têm crescido nas Filipinas. Na semana passada, Fonacier revelou que, no primeiro trimestre deste ano, US$ 24,16 milhões foram convertidos de criptomoedas em peso, enquanto US$ 36,74 milhões foram convertidos de peso em criptomoedas, observou a agência de notícias.

As exchanges de criptomoedas que se registram como emissoras de dinheiro eletrônico devem ter um capital mínimo de 100 milhões de pesos (US$ 1.872.291), acrescentou a publicação, observando que “as regras existentes de BSP também impõem P100.000 como limite de carga agregada para instrumentos de dinheiro eletrônico.”