Notícias

Bitcoin Derruba Site da Cboe e Futuros sobem 20%, Negociando a US$ 18 mil

Dentro de três horas após a sua listagem de futuros de bitcoin, o site e a plataforma de negociação on-line do Chicago Board Options Exchange (CBOE) foram inacessíveis, devido a um aumento inesperado da demanda e do volume.

De acordo com o jornalista de tecnologia Yuji Nakamura, baseado em Tóquio, os futuros do bitcoin da CBOE processaram US$ 9.1 milhões em negócios na primeira hora. A fim de comparação, a bitfinex negociou US$ 170 milhões no mesmo período.

Still early, but some perspective: CBOE bitcoin futures traded $9.1 million notional in first hour. During same period about $170 million traded on Bitfinex. pic.twitter.com/DbHpDjj4z9

— Yuji Nakamura (@ynakamura56) December 11, 2017

Somente o começo

Após a sua estréia no início deste ano, os contratos de derivados, futuros e opções de bitcoin aprovados pela CFTC (Commodities and Futures Trading Commission) da LedgerX, anunciaram que havia liquidado US$ 1 milhão ao longo de sua semana de abertura, período em que a bolsa planejava testar o sistema.

Uma situação semelhante ocorreu com o CBOE durante as primeiras horas desde a inclusão dos futuros bitcoin. Um súbito aumento no volume e demanda de investidores institucionais e comerciantes de varejo no setor de finanças tradicionais levou a plataforma de negociação da CBOE a tornar-se inacessível por um breve período.

Nas próximas semanas, investidores institucionais e empresas de investimento com centenas de bilhões de dólares em capital deverão investir no mercado bitcoin. Dado que os hedge funds em larga escala são restritos para investir um valor mínimo de algumas centenas de milhões de dólares, é provável que, no curto prazo, bilhões de dólares serão investidos em bitcoin.

Atualmente, o preço dos futuros de bitcoin cresceu mais de 20% desde que foi aberto. O XBT / F8, o principal contrato de futuros de bitcoin listado na plataforma de negociação do CBOE, está sendo negociado em mais de US$ 18.210.

Fonte:Portal do BTC

Deixe sua opinião