Notícias

Bitcoin não ameaça sistema financeiro global, diz governo dos EUA

Um relatório divulgado pelo Financial Stability Oversight Board (FSOC), órgão ligado ao Tesouro dos Estados Unidos, afirma que criptomoedas, como o Bitcoin, não representam uma ameaça para o sistema financeiro mundial.
No estudo de 152 páginas, a instituição afirma que as moedas digitais são usadas por um pequeno número de pessoas, ou seja, teriam um alcance limitado. Além disso, a tecnologia blockchain, no qual as criptomoedas são forjadas, possui potencial para aplicação em diferentes setores.

Nas palavras da entidade:

“Damos um pouco mais de crédito às aplicações potencialmente mais amplas da chamada tecnologia blockchain do que para as criptomoedas”.

Para a FSOC, a “onda digital” também representa um desafio regulatório, porque o armazenamento de dados é descentralizado, ao invés de estar em um ponto que os governos possam observar.

Outros destaques

O levantamento ainda mostra que o mercado de criptomoedas não merece ser crucificado como vem sendo ultimamente. O CEO do JPMorgan Chase, Jamie Dimon, disse que o Bitcoin é uma fraude e não deve ser levado a sério.
Ameaças monetárias, riscos geopolíticos e falta de segurança na internet têm muito mais chances de arruinar a economia mundial, segundo o relatório.

Perspectivas

O desempenho das criptomoedas neste ano foi surpreendente com o valor total do mercado chegando a US$ 611,2 bilhões, valor equivalente a mais de R$ 2 trilhões. Mesmo assim, apesar da gigantesca alta, seu impacto global é limitado. Entretanto, a recente adoção de mais moedas digitais em serviços de pagamento, bem como o lançamento de contratos futuros de Bitcoin, podem ser o combustível que faltava para que o setor atinja patamares nunca antes pensados.
O post Bitcoin não ameaça sistema financeiro global, diz governo dos EUA apareceu primeiro em Bitcoin Brasil.

Fonte: Bitcoin Brasil

Deixe sua opinião