O preço do Bitcoin voltou a cair nesta segunda feira, ampliando o movimento de queda que iniciou na noite de sábado (24).

Desde o dia 18 de março o bitcoin não figurava abaixo dos US$ 8.000. Com essa queda, o bitcoin caminha para fechar mais um mês no negativo. Desde o início do ano, a criptomoeda acumula uma desvalorização de 42% e, 23% no mês de março.

No Brasil, de acordo com o Índice de Preço do Bitcoin (IPB), o bitcoin opera em queda de 7.64% hoje (26), abrindo o dia em R$ 29.085,94, com uma mínima de R$ 26.636,84.

Gráfico diário do IPB

Até o horário da redação (16:55), 730 BTC foram negociados no mercado brasileiro, o equivalente a mais de R$ 20 milhões. O volume voltou a crescer, principalmente após a Foxbit ter retomado as operações.

No mercado global, mais de US$ 5 bilhões foram negociados em BTC nas últimas 24 horas.

Twitter bane anúncios de criptomoedas

Seguindo outros gigantes da industria, como Facebook e Google, o Twitter também anunciou que irá banir anúncios relacionados às criptomoedas na sua rede social.

O objetivo é proteger investidores de fraudes. Um porta-voz do Twitter disse à CNBC nesta segunda-feira:

“Estamos comprometidos em garantir a segurança da comunidade do Twitter. Por isso, adicionamos uma nova política para o Twitter Ads relacionada à criptomoeda, sob esta nova política, a propaganda de ofertas iniciais de moeda (ICOs) e vendas de tokens serão proibidas globalmente.”

Criptomoedas em queda

O momento não está muito bom para o Bitcoin mas, sem dúvidas, está pior para o restante das criptomoedas.

Todas operam em queda nas últimas 24 horas e grande parte delas também em queda nos últimos sete dias.

A Ethereum voltou a ser cotada abaixo dos US$ 500 e está próxima da sua menor cotação no par ETH/BTC.

O valor de mercado das criptomoedas está em US$ 300 bilhões. O marketshare do bitcoin, por outro lado, é o maior de 2018, 44,5%.


Ganhe alto com a Binance

A maior e mais confiável das exchange está aceitando novos cadastros por tempo limitado, aproveite e obtenha grandes lucros no mercado de criptomoedas com essa incrível plataforma de trading.

Acesse já: https://www.binance.com