A Bitmain, maior empresa de mineração de bitcoins do mundo, minerou 42% de todos os blocos da rede na semana passada, e está cada vez mais próxima de controlar a maioria da taxa de hash da rede (51%).

Segundo o site Bitcoinist, o BTC.com e AntPool, que são de propriedade da companhia, compreendem 26,6% e 15,3% dessa taxa, respectivamente.

A taxa de hash é a unidade que mede o poder de processamento da rede. Segundo o Bitcoin.org, quando a rede atinge uma taxa de hash de 10 Th/s, significa que ela pode processar 10 trilhões de cálculos por segundo.

A vantagem da gigante chinesa sobre os concorrentes é que ela fabrica e usa seus próprios produtos no processo de mineração. Entre eles, os Circuitos Integrados de Programação Específica (ASIC, em inglês), que são capazes de minerar a criptomoeda a uma taxa mais rápida do que as unidades de processamento gráfico (GPU) de ponta.

Os ASIC também têm sido usados para aprendizado de computadores de Inteligência Artificial. Além disso, a Bitmain também opera pools de mineração, que reduzem os custos individuais, e oferece serviços de mineração em nuvem que permitem que mineradoras aluguem a energia de forma remota para suas fazendas de mineração.

A Bitmain ainda minera a Bitcoin Cash (BCH), que roda no mesmo algoritmo que o bitcoin. Se destinasse 100% de seus recursos para o Bitcoin, poderia atingir 45% do total da taxa de hash.

Essa alternativa a deixaria ainda mais próxima dos 51%, número frequentemente associado à perda de descencentralização da rede. Com esse percentual, a empresaria poderia comprometer mais da metade da rede ao censurar transações ou a realizar gastos duplos.

IPO da Bitmain

Em 2014, a Ghash.io ultrapassou o limite de 51% do pool de mineração. A solução na época foi propor a seus mineradores que  transferissem os recursos para diferentes grupos de mineração, tirando a vantagem majoritária.

A diferença, como aponta a Bitcoinist, é que a Ghash era um coletivo de pequenos mineradores, enquanto a Bitmain é uma grande empresa. Segundo o cofundador Jihan Wu, o lucro da Bitmain foi de US$ 2,5 bilhões no ano passado.

Em breve, a companhia deve apresentar uma Oferta Pública Inicial (IPO) na bolsa de valores. Ela ocupa 75% de todo o mercado de hardware para mineração e é avaliada em US$ 8,8 bilhões.

 


Ganhe alto com a Binance

A maior e mais confiável das exchange está aceitando novos cadastros por tempo limitado, aproveite e obtenha grandes lucros no mercado de criptomoedas com essa incrível plataforma de trading.

Acesse já: https://www.binance.com