Ontem foi um dia animado para muitos canadenses e libertários do mundo todo. Em decisão histórica, o Canadá se tornou o segundo país no mundo a legalizar a maconha para fins recreativos, depois do Uruguai. A notícia também trouxe alegria para os entusiastas das criptomoedas.

Nos últimos tempos, temos visto algumas notícias sobre o potencial econômico da indústria da cannabis. Uma matéria do The Wall Street Journal, chamada “Wall Street’s Marijuana Madness: ‘It’s Like the Internet in 1997”, descreve o entusiasmo de  grandes investidores com essa indústria e compara o desenvolvimento do setor com as criptomoedas. De acordo com as estatísticas fornecidas pela Blockchain Solutions Inc. (DMG), a  cannabis representa um mercado de US $ 23 bilhões só no Canadá e um mercado global que pode chegar aos US $ 500 bilhões. O mercado de cannabis e as criptomoedas tem muito em comum: ambos são globais, passam por problemas com legisladores, estão em estágios iniciais de seu desenvolvimento e estão atraindo grandes investidores. E agora, eles podem se juntar.

De acordo com comunicado oficial, lançado quarta-feira, 17 de outubro, a (DMG), uma empresa britânica que fornece serviços de blockchain e criptomoedas, anunciou o desenvolvimento de uma plataforma global, baseada em blockchain, para o gerenciamento da cadeia de suprimentos da indústria legal da maconha. A plataforma da DMG terá a capacidade de fornecer rastreabilidade imediata aos produtos, automatizar transações e fluxo de informações entre as partes envolvidas e os sistemas de auditoria.

A tecnologia Blockchain tem sido ativamente implantada para gerir cadeias de fornecimento. No início deste mês, a lançou sua rede de rastreamento de alimentos baseada em blockchain, a Food Trust, para conectar diferentes partes da indústria de alimentos. No mês passado, a Walmart, gigante norte-americana do varejo,  anunciou a implementação de um sistema de rastreamento também utilizando o blockchain.

Dan Reitzik, CEO da DMG, comentou: “A emergente indústria da cannabis exige soluções de gestão de produtos e o blockchain é a escolha mais lógica. (…) O primeiro uso do blockchain foi o bitcoin, mas o uso perfeito é o gerenciamento da cadeia de suprimentos para produtos controlados, como a cannabis. O Canadá está sendo posicionado para ser o fornecedor global de cannabis e nossa plataforma blockchain pode ajudar a permitir isso por meio de rastreabilidade de produtos para recalls rápidos, garantindo uma fonte legal e aumentando a segurança do produto, bem como facilitando e automatizando a conformidade legal e tributária”.

Segundo o comunicado oficial, a implementação do sistema de gerenciamento da cadeia de suprimento, inclui:

  • Automação da cadeia de suprimentos a partir da blockchain, inteligência artificial, IoT, aprendizado de máquina e integração total de toda a cadeia de suprimentos;
  • Desenvolvimento de interfaces entre a plataforma blockchain e sistemas legados, permitindo transações automatizadas e fluxos de processos, utilizando contratos inteligentes;
  • Integração de sistemas ERP existentes com a plataforma blockchain, suportando o acionamento automático de eventos, como recall de produto com defeito ou o processo de reabastecimento;
  • Integração com produtores licenciados, distribuidores licenciados, varejistas, embarcadores, bem como sistemas de relatórios e auditoria;
  • Integração de novos participantes

 


Ganhe alto com a Binance

A maior e mais confiável das exchange está aceitando novos cadastros por tempo limitado, aproveite e obtenha grandes lucros no mercado de criptomoedas com essa incrível plataforma de trading.

Acesse já: https://www.binance.com