Notícias

Coinbase Foca em Investidores Institucionais com Serviço de Custódia

A exchange de Bitcoin Coinbase anunciou a criação da Coinbase Custody, um serviço de custódia de moeda digital que é direcionado a hedge funds e outros investidores institucionais que permanecem hesitantes em investir nos mercados de criptomoedas devido a preocupações sobre segurança de ativos e conformidade com a regulamentação.

O CEO da Coinbase, Brian Armstrong, anunciou o novo serviço – que será lançado em 2018 – em uma postagem no blog, afirmando que é destinado a cerca de US$ 10 bilhões de capital institucional que atualmente está “esperando”:

“Quando falamos com essas instituições, eles nos dizem que a primeira coisa que os impede de começar é a existência de um detentor de ativos digitais que eles podem confiar para armazenar fundos de clientes com segurança”, escreveu Armstrong.

O site Coinbase Custody especificamente lista suporte para bitcoin, ethereum, litecoin e tokens ERC20, e Armstrong avisa que o serviço irá apoiar uma “ampla gama de ativos e moedas digitais”. Isso dará aos investidores a capacidade de entrar mais profundamente no ecossistema das criptomoedas e apostar em tokens e moedas de ICO com capitalizações de mercado menores.

Para utilizar o serviço, os clientes devem depositar um mínimo de US$ 10 milhões em ativos e pagar uma taxa de instalação de US$ 100.000. Depois de estabelecer uma conta, os clientes pagarão uma taxa de 10 pontos base (0,10 por cento) por mês sobre o valor das moedas e tokens armazenados no sistema.

Em troca, os investidores institucionais receberão acesso a recursos projetados para dar-lhes tranquilidade de que seus ativos criptográficos permanecerão seguros, incluindo a capacidade de ter múltiplos assinantes, trilhas de auditoria, limites de retirada e seguro opcional. Eles também receberão um representante de conta dedicado e receberão suporte por telefone.

Muitos analistas esperam que o gatilho para esta entrada seja a adição dos contratos de futuros de bitcoin que o CME Group pretende começar. Embora os contratos da CME sejam liquidados em dinheiro, o que significa que nenhuma parte irá interagir diretamente com bitcoin – seu lançamento poderia normalizar o bitcoin como um instrumento financeiro e aliviar a volatilidade dos preços. Para saber, a empresa britânica de fundos de hedge de US$ 100 bilhões, Man Group, anunciou apenas nesta semana que faria do bitcoin uma parte do seu “universo de investimentos” quando os futuros negociarem ativamente em uma exchange regulada.

 

Fonte:Portal do BTC

 

Deixe sua opinião