Notícias

Ethereum Atinge Novo Recorde de Preço: US$ 418

Hoje, o preço da Ether, a criptomoeda nativa da rede Ethereum, alcançou um novo recorde histórico em US$ 418.

Gráfico ETH/USD da Kraken

Com o seu recente aumento no preço, o valor de mercado da Ethereum se aproximou da marca de US $ 40 bilhões, um valor de mercado maior que sete das 10 maiores criptomoedas do mercado juntas, com exceção do bitcoin e do Bitcoin Cash.

Apenas em 2017 a Ethereum valorizou mais de 4000%. No inicio do ano ela era negociada da faixa dos US$ 10.

Cresce a demanda por ETH

A demanda por Ether está em alta em dois mercados importantes, a Coreia do Sul e dos EUA. A Bithumb da Coreia do Sul, a maior exchange do mundo em volume de negócios, representou quase 15% do volume da ether nas últimas 24 horas.

Além disso, segundo Frank Schuil, CEO da Safello, uma das maiores corretoras de bitcoin da Europa e plataformas de carteira, revelou recentemente que a rede da Ethereum vem processando mais transações diariamente do que todo o mercado de criptomoedas, incluindo bitcoin.

Veja o gráfico das últimas 24 horas:

Em média, a rede Ethereum faz mais de 544 mil transações, o que representa aproximadamente 52% das transações do mercado de criptomoedas. O Bitcoin, em média, processa 270 mil transações por dia, cerca de 50% do volume de transações diárias da rede Ethereum.

A rede Ethereum começou a liquidar mais transações do que a rede Bitcoin desde a execução do hard fork Byzantium em outubro. Donald McIntyre, fundador da Etherplan e analista altamente conceituado da Ethereum, observou que a demanda pela criptomoedas como rede de liquidação aumentou, principalmente devido ao aumento das taxas de transação da rede Bitcoin.

Embora as taxas de transação na rede Bitcoin tenham diminuído de forma significativa desde outubro, devido à SegWit, as plataformas de carteira, como Blockchain e Coinbase, recomendam uma taxa de cerca de US $ 0,8 para transações não segwit, que é cerca de 9 vezes mais que a tarifa recomendada para as transações Ethereum.

 

>Fonte:Portal do BTC

Deixe sua opinião