O CFA Institute, uma associação global de profissionais do setor de finanças, vai incluir tópicos relacionados a criptomoedas e tecnologia blockchain em sua grade curricular a partir do ano que vem, de acordo com a publicação do Bloomberg nesta segunda-feira (16).

O interesse do instituto surgiu após avaliações positivas de grandes empresas do setor financeiro, que analisaram o mercado e estão com projetos focados na adesão no mercado criptoeconômico. Os cursos de nível 1 e 2 serão ‘contemplados’ com os novos temas e a recomendação é de 300 horas de aula.

A instituto acrescentou os tópicos porque agora eles são parte de uma nova leitura chamada “Fintech in Investment Management” (Tecnologia Financeira na Gestão de Investimentos) que são inovações tecnológicas para o setor financeiro.

Essas e outras novas ações de inovação concentradas no setor financeiro ainda é resultado do boom do Bitcoin no ano passado.

A grande alta no mercado despertou, então, interesse por grandes empresas que já negociam a criptomoeda em Chicago e gigantes, como Goldman Sachs, que estão envolvidas com startups específicas para o novo mercado.

O CFA Institute, que tem sede em Virgínia nos Estados Unidos, emite certificados na área de investimentos. Liderança, Códigos Padrões e Programas de Treinamento Profissional fazem parte do currículo proferido pela entidade que já certificou mais de 150 mil profissionais da área financeira.

“Vimos a área avançando mais rapidamente do que as outras e também porque nós consideramos que ela seja durável. Não é uma moda passageira”, disse Stephen Horan, diretora geral de cursos do CFA.

Horan também salientou que futuramente mais tópicos poderão fazer parte da grade do instituto.

O material didático em criptomoedas e blockchain do CFA aparecerá ao lado de outros assuntos de tecnologia da informação, incluindo Inteligência Artificial (AI), Aprendizado de Máquinas, BigData e Negociação Automatizada (ATS), o robô de trading.

Quem agradece são os aspirantes do mercado financeiro. Kayden Lee, estudante de economia financeira da Universidade de Columbia, e que já passou pelo Nível I da CFA, comentou a nova empreitada do instituto.

“Será benéfico para nós, já que houve uma enorme expansão e adoção das criptomoedas em nosso ‘universo’. Porém, o mais interessante é o foco na tecnologia blockchain, opinou Lee.


Ganhe alto com a Binance

A maior e mais confiável das exchange está aceitando novos cadastros por tempo limitado, aproveite e obtenha grandes lucros no mercado de criptomoedas com essa incrível plataforma de trading.

Acesse já: https://www.binance.com