Altcoins Notícias

Fintech Atlas Project comemora um ano da sua plataforma, com rendimento superior a 38%

É possível investir em bitcoins e ter algum rendimento além da valorização da própria moeda?

Atualmente, a maioria dos investidores em Bitcoin adota a estratégia do Buy & Hold, isto é, comprar a moeda, guardar em alguma carteira e esperar a valorização do ativo. Investidores que procuram um rendimento adicional em Bitcoin, geralmente por estratégias de Trading Financeiro, Arbitragem e ou Lending (Empréstimos), se depararam com um problema comum – a dificuldade e o tempo exigidos em cada uma dessas atividades.

O risco de perda nesse tipo de operação manual é alto, e, para ser bem-sucedido, é necessário bastante dedicação por parte do investidor, seja com o estudo dessas estratégias ou com o acompanhamento e trabalho ativo no mercado. Visto que nem todos possuem tempo ou habilidade para fazer isso, muitos acabam optando pela estratégia Hold, lucrando apenas com o aumento de preço do Bitcoin.

Visando solucionar esse problema, a Atlas Project, fintech criada em 2016, desenvolveu o Quantum, um produto de arbitragem financeira automatizada com o Bitcoin, o qual comemora hoje um ano de operações! Nesse período de 12 meses, o rendimento do sistema foi de aproximadamente 38,24%. Ou seja, alguém que tivesse investido 1 Bitcoin no Quantum em novembro do ano passado, hoje teria cerca de 1,3824 BTC. Esse artigo explicará detalhadamente como a Atlas e o Quantum funcionam.

Em resumo, o sistema trabalha continuamente em exchanges de Bitcoin procurando discrepâncias de preço entre elas. Ao detectar uma boa oportunidade de arbitragem, ele automaticamente envia ordens de compra onde está mais barato e venda onde está mais caro. Quando é bem-sucedido nas operações, ele distribui o lucro aos investidores do sistema.

Em suma, se trata da clássica estratégia de arbitragem financeira, mas feita de forma automatizada e contínua, utilizando bitcoin. De forma similar à aplicação em um fundo de investimento, agora os investidores têm a possibilidade de lucrar com os diferentes preços do Bitcoin nas exchanges, mesmo sem a habilidade ou o tempo necessário para isso.

Apresentação da Atlas Project

A Atlas surgiu no começo de 2016 e passou por diversas transformações até agora. Criada com outros projetos na área de Bitcoin além do Quantum, a Fintech pivotou o seu modelo de negócio no final do ano passado, passando a se concentrar exclusivamente no desenvolvimento, lançamento público e aprimoramento do Quantum.

Em Abril deste ano, a Startup foi aprovada no processo de aceleração da WOW, uma das maiores aceleradoras de startups do Brasil. Desde então, recebeu apoio financeiro e de mentoria, começando a crescer rapidamente e a se tornar mais conhecida no mercado.

Atualmente, a empresa conta com uma equipe de 26 colaboradores, a maioria trabalhando na sede da empresa em São Paulo. Mesmo com tal ritmo de crescimento acelerado, a companhia mantém seus princípios libertários, com colaboradores que possuem afinidade com a liberdade e o livre-mercado.

Além do produto Quantum, a empresa também fornece materiais para iniciantes no mercado de Bitcoin e ajuda clientes que estejam adquirindo a moeda pela primeira vez. Assim, trabalhando continuamente com inovação, segurança e tecnologia computacional, a Fintech busca trazer mais liberdade e autonomia financeira aos indivíduos.

Entendendo o Quantum

Como destacado anteriormente, a plataforma Quantum se baseia sobre um  algoritmo que analisa em tempo real ofertas de compra e venda de Bitcoin em diversas bolsas de negociação da moeda ao redor do mundo. Quando detecta uma diferença lucrativa nos preços da moeda digital, já considerando as taxas das corretoras, o volume das ofertas e uma margem de segurança criada pela própria empresa, o sistema realiza a arbitragem, enviando ordens para comprar o ativo onde é mais vantajoso e vender onde é mais caro. A estratégia utilizada pela empresa visa dar mais segurança ao investidor, e por isso eles não utilizam qualquer tipo de alavancagem de capital nas operações.

O lucro dessas operações é realizado diariamente, com o saldo sendo atualizado ao final do dia na conta dos clientes. O sistema opera através de diversas bolsas, que são Kraken Exchange, BitStamp, BitFinex e Okcoin. A plataforma também possui alta liquidez, portanto os investidores podem depositar e sacar saldos a qualquer momento. No caso de saques de valor mais elevado (acima de 0,3 BTC) a retirada ocorre no prazo D+1, ou seja, o dinheiro chega até o final do dia útil seguinte.

Riscos e lucratividade

O Quantum é um produto de renda variável, e a sua lucratividade varia principalmente de acordo com as oportunidades de mercado. Quando este está mais volátil, é comum uma maior diferença de preços entre as bolsas (os chamados spreads), aumentando o lucro. Em momentos mais estabilizados, geralmente as oportunidades de spreads diminuem.

A Atlas não tem garantia de retorno e o rendimento repassado não é garantia de lucro futuro. Porém, como referência, até agora o sistema apresentou um retorno médio de cerca de 2% a 3% ao mês. O saldo do investidor, o rendimento do dia e o histórico da conta podem ser verificados a qualquer momento dentro da conta do usuário.

Segurança

A Atlas Project toma todas as medidas necessárias para garantir a segurança dos saldos em custódia, tanto em relação ao seu sistema interno, quanto às contas dos clientes. Visando diminuir o risco de fraudes no sistema, o banco de dados e as solicitações de saque na plataforma recebem monitoramento constante. Se necessário, a empresa entra em contato com os clientes em caso de atividade suspeita.

A startup contrata testes de intrusão e estabilidade periodicamente em todo o seu sistema para detectar qualquer possibilidade de invasão e validar seus processos internos e externos de segurança digital, garantindo o máximo de qualidade nesse quesito. A escolha das exchanges que o sistema irá operar é bastante criteriosa, e os saldos em custódia nunca são concentrados em uma mesma bolsa de negociação, visando diluir o risco.

A Atlas também conta com o apoio da Malgueiro Campos, escritório advocatício de São Paulo especializado em Bitcoin e Blockchain, para garantir a segurança jurídica tanto da empresa quanto dos investidores no sistema, além do suporte administrativo da aceleradora WOW. Toda a estratégia de segurança operacional e jurídica da empresa é reavaliada constantemente.

Começando a investir e informações de contato

O processo de investimento no Quantum é bastante simples. Primeiro, é realizado o cadastro no sistema. Após isso, o usuário acessa a aba de depósito, onde terá um endereço para enviar os Bitcoins. Bastando enviar o valor desejado para o endereço e automaticamente iniciasse a operação.

Atualmente, o investimento mínimo no sistema é de 0,025 BTC, e a Atlas também ajuda caso o cliente precise de ajuda para adquirir a criptomoeda.

 

Fonte:Portal do BTC

 

Deixe sua opinião