Mais uma organismo das Nações Unidas anunciou a implementação de processos relacionados à blockchain com o intuito de desenvolver novas aplicações e modernizar os procedimentos da organização. O Centro das Nações Unidas para Facilitação do Comércio e Negócios Eletrônicos (UN / CEFACT) publicou um white paper no qual estuda como a blockchain pode oferecer importantes benefícios para aumentar a confiança no setor e gerenciar a cadeia de suprimentos.

Na indústria da cadeia de suprimentos, vários tipos de dados podem ser efetivamente transmitidos através de blockchains, de acordo com o documento, incluindo seguro, faturamento, consignação, remessa e conhecimentos de embarque, além de armazenar licenças e declarações. Os autores sugerem que a UN / CEFACT trabalhe com delegações e especialistas nacionais e forme grupos de trabalho para desenvolver novas especificações técnicas em torno da tecnologia.

Embora a blockchain, assim como outras tecnologias como IoT, possam contribuir para aumentar a eficiência da cadeia de suprimentos, o documento sugere que é necessário mais trabalho para determinar plenamente seu potencial na facilitação de mecanismos de comércio.

“Pode ser muito útil desenvolver um modelo conceitual da cadeia de fornecimento internacional que demonstre o papel de cada tecnologia dentro do mapa mais amplo de partes interessadas, serviços e padrões”, segundo os autores.

Diversos organismos da ONU tem implementado aplicações utilizando criptomoedas e blockchain, desde a mineração como forma de contribuição humanitária à modernização da própria burocracia da ONU por meio de DLTs.

 


Ganhe alto com a Binance

A maior e mais confiável das exchange está aceitando novos cadastros por tempo limitado, aproveite e obtenha grandes lucros no mercado de criptomoedas com essa incrível plataforma de trading.

Acesse já: https://www.binance.com