Notícias

MyToken: projeto busca melhorar o ecossistema de informações sobre criptoativos

Descentralização e crescimento exponencial: se existem duas expressões que podem facilmente definir o mercado de criptoativos (ou criptomoedas, como muitos chamam), podemos dizer que são essas.

Desde o surgimento do Bitcoin, em outubro de 2008, a classe de criptoativos cresceu em ritmo bastante acelerado. O que outrora parecia ser um produto relegado para grupos de cyberpunks se transformou em uma indústria que vale mais de 300 bilhões de dólares, gera diversos empregos em todo o mundo e movimenta diversos setores da economia global, da informática ao setor de educação.

Apenas nos primeiros 3 meses de 2018, as estimativas são de que o mercado das chamadas Ofertas Iniciais de Moedas (ICOs) já movimentou cerca de 3 bilhões de dólares em capital investido. Essa modalidade de investimento, que alcançou um enorme crescimento em 2017, permite que startups possam levantar fundos para suas operações sem precisar recorrer a bancos ou a empresas de venture capital, diminuindo custos e eliminando intermediários ao lidarem diretamente com o investidor.

E foi nesse cenário que surgiu a MyToken, com o objetivo de atuar em um setor crítico do mercado: a divulgação de informações.

Diversidade, livre mercado e riscos

O mercado de criptoativos sem dúvida trouxe muitas novidades. Por ser um setor que demanda pouco capital (na maioria dos casos), ter um potencial de crescimento muito alto e ser relativamente livre da regulamentação estatal, as inovações trazidas pelos projetos conseguem se desenvolver em um nível mais rápido do que nos mercados tradicionais.

Segundo dados da MyToken, desde 2017 foram criadas mais de 500 ICOs, as quais captaram juntas o equivalente a 5 bilhões de dólares. Além disso, no mesmo período, mais de 2000 tokens foram negociados em cerca de 300 exchanges. São números bastante expressivos, que trazem o enorme potencial de inovação e de investimentos criados por esse mercado.

Ao mesmo tempo, a ampla oferta de empresas e projetos lançados também pode trazer diversos riscos, especialmente para os investidores menos experientes. Alguns desses riscos são:

Alta diversificação: com tantos criptoativos no mercado, pode ser difícil para o pequeno investidor acompanhar todas as informações e até escolher o melhor ativo. É o chamado paradoxo da escolha – quanto mais opções, mais difícil tende a ser a escolha final;

Avaliar o mercado de exchanges: muitas exchanges do mercado não trabalham com todos os tokens existentes. Isso faz com que o investidor precise abrir conta em várias empresas, muitas vezes fora do seu país, o que pode trazer problemas com a gestão de todas as contas;

Custo de investimento: embora os criptoativos tenham a proposta de serem mais baratos do que o sistema bancário tradicional, o excesso de intermediários na compra de tokens (especialmente para novos projetos, que não entrarão nas grandes exchanges com rapidez) pode ser bastante elevado para quem não dispõe de um grande capital;

Risco de golpes: os altos retornos da indústria de Blockchain e a pouca compreensão sobre o funcionamento do mercado pode levar o investidor a ser vítima de golpes que prometam retornos muito acima da média do mercado. São necessárias ferramentas eficazes de avaliação da credibilidade das ICOs, de modo a mitigar tais riscos.

O projeto MyToken: plataforma de investimentos

Tendo em vista os riscos apresentados pelo mercado – e a ausência de ferramentas eficazes de avaliação de investimentos – foi que surgiu a solução criada pela empresa chinesa MyToken. A empresa traz em um aplicativo informações sobre mais de 300 exchanges em todo o mundo, um sistema de portfólio completo, análises de gráficos e notícias sobre o mercado.

A empresa, criada em agosto de 2017, tem como objetivo auxiliar os investidores a diminuir os custos de decisão de seus investimentos através da criação de uma espécie de hub no qual podem ser encontrados diversos dados sobre o mercado.

O aplicativo, que está disponível para Android e iOS, possui as seguintes funcionalidades:

  1. transações de mais de 300 exchange, incluindo as maiores do mercado, em tempo real;
  2. cotações de mais de 2000 criptoativos, também em tempo real;
  3. informações de mercado, dados sobre o background e mais informações sobre todos os ativos listados;
  4. opção de montagem de portfólio para o investidor verificar o valor dos seus ativos em tempo real;
  5. recursos de mídia com diversas páginas de notícias sobre criptomoedas, incluindo os principais portais;

Os amplos recursos do MyToken parecem ter agradado o mercado chinês, um dos mais ativos do mundo. Em sete meses de operação, o aplicativo se tornou a mais popular plataforma de criptomoedas da China, possuindo 400 mil usuários e mais de 50 grupos no WeChat, o mais popular aplicativo de mensagens do país.

Planos de desenvolvimento

Com o estrondoso crescimento da plataforma, muitos investidores podem se perguntar quais são os futuros planos de investimento e crescimento do serviço, que certamente será bastante demandado conforme aumentar o investimento em várias ICOs – e a abertura de novas ofertas.

Segundo o CEO do MyToken, Larry, entre os planos de expansão da plataforma encontram-se a criação de um token próprio, o MT. Segundo o executivo, o token terá como objetivo a monetização do serviço através de anúncios, bem como oferecer aos investidores a possibilidade de demonstrar o seu apreço pela plataforma através do aporte de recursos, caso desejem.

A introdução de MT tokens integrará todos os recursos de produção do sistema, enquanto a circulação sem atrito irá melhorar de forma abrangente a taxa de fluxo de ativos. No ecossistema acima mencionado, os tokens devem primeiro ter atributos de propriedade: os anunciantes podem lançar seus anúncios na plataforma, enquanto os usuários podem obtê-lo através de um simples clique.“, afirmou Larry. Segundo informações, o lançamento do token está marcado para hoje, 15 de março.

Outro sinal do grande avanço e interesse desenvolvido pela plataforma foi o investimento obtido pela MyToken junto à Spectra Ventures, uma grande empresa especializada em investimentos via private equity. A Spectra avaliou o potencial da plataforma – e da tecnologia Blockchain como um todo – como bastante positivo, o que motivou o investimento, cujos valores não foram informados.

Entrevista Spectra Ventures

Confira, logo abaixo, uma breve entrevista concedida pela empresa sobre a parceria com a MyToken.

Por quanto tempo a “mania blockchain” irá liderar a tendência do mercado?

Spectra Ventures: o sistema de token suportado pela tecnologia blockchain pode aproveitar plataformas emergentes de Internet e gerar excelentes oportunidades de acelerar a securitização, com o objetivo de obter alavancagem de capital externo, é provável que o tamanho do mercado correspondente atinja um nível 10 vezes maior do que o mercado total de empresas listadas atualmente na internet – em todo o mundo. Enquanto isso, mais aplicações estarão disponíveis devido à rápida maturidade da tecnologia blockchain. Nos próximos 3 a 5 anos, pelo menos, esta indústria tem a chance de um aumento unilateral, ou seja, mostrar sinais de crescimento em termos dos preços das principais moedas a médio e longo prazo.

Por que um aplicativo de monitoramento de preços chamou a atenção da Spectra?

SV: em primeiro lugar, de acordo com dados monitorados pela Alexa, todas as plataformas relativas, seja de mídia, exchanges, carteiras ou sites de monitoramento de preços, 80% delas vem se desenvolvendo a passos largos em conjunto com o surgimento da indústria de blockchain.

Além disso, nossos 20 anos de experiência na Internet nos dão uma dica de que os produtos com abordagens de comportamento voltados para usuários de alta freqüência são mais inclinados a ser a entrada do tráfego, proporcionando assim a possibilidade de oferta para serviços de valor agregado. Os dados reais da operação do MyToken mostram que, em média, os usuários ativos diários (DAUs) normalmente abrem o aplicativo de 10 a 20 vezes por dia, o que diminui o potencial de uso de outros tipos de plataformas de serviço neste setor.

A quais características valem a pena prestar atenção no MyToken?

SV: de acordo com a lógica dos investimento na Internet, os 3 principais produtos de cada campo em cada país merecem uma atenção profunda e de longo prazo. Quanto a uma indústria globalizada como blockchain, este número deve ser de pelo menos 10. Quanto maior a aplicação, mais atenção se merece. Você e seus amigos estão usando MyToken? Em caso afirmativo, qual seria o seu comentário? A pesquisa mostra que o MyToken já ocupa uma grande parcela do mercado, com excelente interação entre usuários.

Como vocês avaliam o potencial de crescimento da MT?

SV: a empresa ativa a relação entre projetos e usuários, por esse motivo é capaz de realizar um modelo de negócios auto-regulado. 2018 será o ano dos principais modelos de negócios da MyToken, incluindo propagandas (lucro mensal contado em milhões de CNY), taxas de serviço de transações agregadas (lucro mensal contado em dez milhões de CNY), taxas de serviço de projetos (lucro mensal contado em dez milhões de CNY ) e taxas de serviço de interfaces de dados (lucro mensal contado em milhões de CNY). Estamos muito otimistas com a oportunidade de crescimento da MyToken graças ao lucro total das taxas de serviço acima mencionadas (em dezenas de milhões de CNY), bem como seu mecanismo de recompra de tokens por lucro.

Para mais informações acesse o  telegram e ganhe 200 MTs:

Telegram: https://t.me/spectraofficial
WeChat: spectravc
ICO page: https://tokensale.mytoken.io

Ganhe alto com a Binance

A maior e mais confiável das exchange está aceitando novos cadastros por tempo limitado, aproveite e obtenha grandes lucros no mercado de criptomoedas com essa incrível plataforma de trading.

Acesse já: https://www.binance.com

Deixe sua opinião