O governo municipal da cidade de Chongqing, na China, está ponderando a formação de uma “exchange de ativos digitais blockchain”, mas ninguém sabe ao certo o que isso significa.

Na quinta-feira, o Comitê de Economia e Informação, uma agência de desenvolvimento econômico que faz parte do órgão executivo do governo de Chongqing, publicou cinco medidas que a cidade tomará para promover a tecnologia blockchain na área.

Além de atrair talentos mais especializados com recursos adicionais, o comunicado disse que se concentrará na construção de um ecossistema de blockchain, que incluiu o “estabelecimento de uma exchange de ativos digitais blockchain”.

Com esse texto, o esforço foi inicialmente antecipado pela comunidade de criptomoedas chinesa como sendo uma exchange de criptomoeda apoiada pelo governo, e foi então circulada como tal entre a mídia local e na plataforma de rede social Weibo.

Mais tarde na quinta-feira, no entanto, o aviso foi excluído do site da agência. A razão, como sugerido pelos relatórios locais, é que o governo central ordenou a suspensão do projeto, uma vez que poderia entrar em conflito com a proibição existente sobre o comércio de criptomoedas e as ofertas iniciais de moeda (ICOs).

Posteriormente, o site oficial do governo da cidade de Chongqing republicou a mesma declaração na manhã de sexta-feira – incluindo a menção da “exchange de ativos digitais blockchain”.

Perguntado sobre a suposta suspensão e se o movimento ponderado é construir uma exchange de criptomoedas, um funcionário do governo da agência disse que eles não estavam autorizados a revelar mais detalhes.

Então, sexta-feira, uma fonte de notícias local citou informações do governo indicando que os ativos digitais podem não ser os mesmos tokens ou criptomoeda da ICO. Em vez disso, a exchange de ativos digitais blockchain parece ser uma plataforma que facilita as trocas de “ativos não-padrão” que são digitalizados através da tecnologia blockchain. Como tal, a plataforma não seria aberta ao público, diz o relatório.

De acordo com uma definição do Comitê Regulador Bancário da China, ativos não-padrão referem-se a títulos que podem assumir a forma de cartas de crédito, empréstimos de crédito, etc. Eles podem ser trocados entre instituições, mas não são negociáveis ​​em uma bolsa secundária.

Esse sistema está aderindo cada vez mais a blockchain e vários bancos comerciais privados chineses já começaram a pilotar um sistema baseado em blockchain para transferir transações de cartas de crédito em uma blockchain do consórcio.

 


Ganhe alto com a Binance

A maior e mais confiável das exchange está aceitando novos cadastros por tempo limitado, aproveite e obtenha grandes lucros no mercado de criptomoedas com essa incrível plataforma de trading.

Acesse já: https://www.binance.com