A Circle, empresa de tecnologia de pagamentos que recentemente uniu forças à corretoras de de criptomoedas Poloniex, está contratando mais de 100 pessoas para atender seus planos de expansão no mercado asiático, segundo informações do portal de notícias norte-americo Bloomberg.

Em uma entrevista em Hong Kong, Jeremy Allaire, co-fundador e CEO do Circle, afirmou que a empresa pretende expandir seus negócios para Coreia do Sul , Japão , China e Hong Kong, sem no entanto especificar como  será a expansão, principalmente na China, país que adotou uma legislação fortemente proibitiva ao Bitcoin e às criptomoedas.

De acordo com  Allaire, a empresa, que arrecadou US$ 140 milhões em capital de risco de grandes investidores, incluindo Goldman Sachs , Baidu e o banco de investimentos China International Capital Corp., procura diversificar e ampliar os produtos e serviços da Poloniex .”A visão de longo prazo é que toda forma de valor no planeta se tornará um token de criptomoeda”, afirmou Allaire, demonstrando que deseja preparar a empresa para operar todas as potencialidades deste futuro criptográfico.

Allaire também deixou claro que a Circle está procurando cumprir todas as regulamentações específicas de cada nação, com o intuito de fincar a marca da Poloniex:

“Queremos oferecer mercados mais ativos, queremos localizá-los e lançá-los no mercado internacional, no entanto, para isso, precisamos trabalhar com todos os agentes de regulação para não sermos supreendidos,”

Fundada em outubro de 2013, a Circle oferece vários produtos, como o aplicativo de pagamento Circle Pay e Circle Trade. Em março a empresa anunciou o lançamento de sua plataforma de investimentos em criptomoedas o  Circle Invest, atualmente disponível para cidadãos norte-americanos de 46 estados.


Ganhe alto com a Binance

A maior e mais confiável das exchange está aceitando novos cadastros por tempo limitado, aproveite e obtenha grandes lucros no mercado de criptomoedas com essa incrível plataforma de trading.

Acesse já: https://www.binance.com