Os criadores da criptomoeda Tron copiaram diversos códigos das principais criptomoedas, afirma os pesquisadores da Digital Asset Research (DAR). A criptomoeda estar enfrentando uma forte reação da comunidade  pelo plágio de código, um ato não respeitoso e menosprezado por todos.

O código da criptomoeda Tron foi copiado de vários projetos, incluindo a segunda mais popular, a Ethereum. Os pesquisadores divulgaram um artigo sobre o plágio.

“Em 31 de dezembro de 2017, houve a primeira acusação de que o projeto violou a Licença Pública Geral Reduzida GNU v3.0 (LGPL) porque o projeto não menciona que seu cliente, o Java-Tron, foi proveniente da EthereumJ, que é um dos primeiras bibliotecas Ethereum”, escreveu o DAR no artigo.

Depois que a acusação foi feita, os desenvolvedores adicionaram o idioma da licença LGPL a 14 dos arquivos. Mesmo assim, ainda foi encontrado códigos copiados do EthereumJ sem referências.

A Tron plagiou e tentou encobrir suas ações, “No commit, os desenvolvedores mudaram o título de algumas funções para esconder o plágio, tal ação pode ser comprovada no commit d4ad9c9.

Não há razão válida para mudar o nome da classe pública do EthereumJ, por exemplo, para “dataBaseName”, senão para dificultar o rastreamento das similaridades entre os dois repositórios. Disse Lucas Nuzzi, diretor da DAR.

Nuzzi falou sobre as vulnerabilidades que podem surgir no longo prazo na blockchain da Tron. Ele afirmou que:

“O problema é que os desenvolvedores inseriram um código originalmente desenvolvido para uma arquitetura de sistema completamente diferente, sem testá-lo com tempo suficiente para garantir o perfeito funcionamento da rede. Vulnerabilidades que não eram aplicáveis ​​ao sistema original, podem aparecer em um novo. O plágio é péssimo, mas a preocupação é em relação às vulnerabilidades desconhecidas que podem surgir quando os desenvolvedores combinam códigos diferentes. Não há nada errado em experimentar, mas a comunidade deve definitivamente saber onde estão investindo”

O DAR geralmente realizam suas pesquisas para clientes, no entanto, depois de estudar a base de código da TRON, a equipe da DAR achou muito importante compartilhar as descobertas com o público.

“Meu trabalho é realizar uma profunda diligência técnica para nossos clientes, o que envolve a análise de toda a base de código dos projetos que pesquisamos, e foi o que fiz com a TRON”, disse Nuzzi. “A maior parte de nossa pesquisa é exclusiva de nossos clientes, mas sempre que encontramos algo de que toda a comunidade pode se beneficiar, nós a compartilhamos”, disse Nuzzi.

A migração da rede deve acontecer em 25 de junho, isso dará muito trabalho para a Tron, sua equipe e seus investidores.

Em 6 de abril, Justin Sun twittou detalhes do motivo pelo qual Tron era melhor que Ethereum.

Vitalik Buterin não perdeu a oportunidade de criticar e respondeu sarcasticamente dizendo:

8. Melhor capacidade de escrita no Whitepaper (Ctrl + C + Ctrl + V eficiência muito maior do que digitar novos códigos).”

 


Ganhe alto com a Binance

A maior e mais confiável das exchange está aceitando novos cadastros por tempo limitado, aproveite e obtenha grandes lucros no mercado de criptomoedas com essa incrível plataforma de trading.

Acesse já: https://www.binance.com