A empolgação do lançamento da rede da EOS durou apenas algumas horas. Na manhã deste último sábado, 16 de junho, houve uma interrupção nas operações da rede após um problema de software.

De acordo com um post da EOS Nova York publicado em nome dos 21 maiores produtores de blocos e nós, a mainnet parou inesperadamente às 9:56 UTC e após isso, os produtores de bloco iniciaram uma teleconferência para identificar e discutir o assunto. Às 10:57 UTC, os produtores de bloco de espera desligaram seus nós e fizeram backup de dados de blockchain para ajudar a garantir que nenhum histórico da rede fosse perdido.

A informação sobre o bloqueio também foi divulgada através do Twitter oficial da EOS, que confirmou a informação e a interrupção das atividades da blockchain até que o problema fosse solucionado.

Às 11:07 UTC foi postado mais um tuíte informando que as operações da EOS foram retomadas e que nenhum dos dados haviam sido perdidos. O problema foi identificado e resolvido pela Block One, empresa de segurança responsável por soluções descentralizadas.

Pânico e problemas pós-lançamento

Os desenvolvedores identificaram o problema às 13:02 UTC, e um comunicado publicada no canal da empresa no Telegram, EOS Mainnet Updates, afirmou que a empresa criadora da EOS, a Block One, estava desenvolvendo uma atualização de software.

“A causa principal foi devido a como as transações diferidas foram tratadas. A correção está sendo lançada em breve pela BlockOne”, afirmou o comunicado.

Essa versão de software, que será emitida sob a tag 1.0.5, introduziu uma correção dos nós. Uma vez que os produtores de blocos tenham atualizado seus nós, os blocos foram repetidos até o último bloco irreversível – o bloco número 1027597, de acordo com o CryptoLions.io – e os produtores de blocos, sincronizados entre si. Finalmente, a cadeia foi reaberta ao acesso público.

Esse foi um grande susto para os usuários da rede EOS, que foi ativada em 14 de junho, pois essa falha de rede ocorreu menos de 48 horas depois que a blockchain entrou em operação.

Embora os produtores de blocos tenham se esforçado para manter os usuários informados sobre o estado da rede, o fato de que a blockchain da EOS está sendo depurada por meio de uma teleconferência justificou os argumentos de muitos críticos, que apontam que a EOS não é uma criptomoeda suficientemente descentralizada.

 


Ganhe alto com a Binance

A maior e mais confiável das exchange está aceitando novos cadastros por tempo limitado, aproveite e obtenha grandes lucros no mercado de criptomoedas com essa incrível plataforma de trading.

Acesse já: https://www.binance.com