Nesta terça-feira, 16 de outubro, um usuário movimentou 29.999 BTC, que no momento da escrita valia um total de US$194 milhões, e para isso pagou uma taxa de apenas US$0,1 pela transação. O movimento chama a atenção não apenas pela quantidade de BTC movimentado, como também para o potencial do Bitcoin e da tecnologia blockchain no mercado financeiro.

Segundo a agência de notícias CCN, caso a mesma transferência fosse realizada pela Transferwise, empresa multibilionária baseada no Reino Unido que elimina taxas ocultas em transferências bancárias, portanto, praticando taxas menores que os bancos, a mesma transação custaria algo em torno de US$7.500 e dependeria de uma enorme quantidade de verificações junto às autoridades.

A transação também mostra que, ao contrário dos argumentos dos críticos às criptomoedas, as transações com Bitcoin e Ethereum não são caras em comparação com o sistema tradicional, apenas precisam ser otimizadas para demonstrar todo o seu potencial. Esta “otimização” vem sendo trabalhada por meio de soluções de segunda camada como a Lightning Network.

Mas, no médio prazo, dada a capacidade da blockchain de processar pagamentos em larga escala ao mesmo custo de uma pequena transação, é altamente provável que as criptomoedas ganhem ampla aceitação por parte de investidores e empresas no mercado bancário offshore, uma indústria de US$30 trilhões que depende de instituições financeiras para liquidar grandes transações.


Ganhe alto com a Binance

A maior e mais confiável das exchange está aceitando novos cadastros por tempo limitado, aproveite e obtenha grandes lucros no mercado de criptomoedas com essa incrível plataforma de trading.

Acesse já: https://www.binance.com