Ian Balina, um YouTuber e influenciador de mídias sociais conhecido no mundo das criptomoedas por fazer reviews a empresas prestes a lançar as suas ofertas iniciais de moedas (ICOs), foi hackeado durante um livestream, o que levou à perda de US$ 2 milhões (R$ 6,8 milhões).

Balina percebeu que algo estava errado quando reparou que para gravar alterações no Google Sheets tinha que voltar a fazer login na sua conta. Balina, que costuma fazer livestream críticos de ICOs para os seus mais de 100 mil seguidores, descobriu então que estava sem acesso à própria conta. O caso ocorreu na segunda-feira (16).

Pouco depois alguém apontou que todas as suas moedas tinham sido retiradas de carteiras que lhe pertenciam. Passados cerca de 15 minutos, Balina terminou o livestream, que agora está fora do ar, e, mais tarde, revelou nas redes sociais que tinha sido hackeado.

Num tweet, Balina afirmou que não estava preocupado com o dinheiro, mas que queria apenas apanhar quem o hackeou, pedindo ajuda aos seus seguidores.

Crypto Family, I need you now more than ever. I ended today’s live stream b/c I am being hacked. I’m not worried about the money. I learned my lesson. I only care about catching the hacker. Please email any information to [email protected] Thank you all the support. $ETH $BTC

— Ian Balina (@DiaryofaMadeMan) April 16, 2018

Mais tarde, Balina revelou que o mais provável é ter sido hackeado através de uma conta de email antiga. Pelas suas palavras, tinha sido recentemente notificado que a conta tinha sido comprometida, mas não deu importância ao assunto por esta ser antiga.

A conta antiga, afirmou, estava ligada à sua conta de email atual, que usava para acessar às chaves privadas das carteiras guardadas em arquivos encriptados no programa de notas Evernote.

“É assim que acho que fui hackeado. O e-mail da minha faculdade foi listado como um e-mail de recuperação no meu Gmail. Lembro-me de ter recebido um e-mail sobre o comprometimento, e tentei acompanhar a segurança da minha faculdade para resolvê-lo, mas não consegui fazê-lo funcionar de maneira rápida e desisti dele pensando que era apenas um antigo e-mail.”

De acordo com dados retirados do Etherscan, quase todos os fundos que Balina perdeu foram retirados das suas carteiras durante o livestream. O YouTuber perdeu mais de 20 milhões de tokens do Nucleus Vision, 2 milhões do Pareto Network, e ainda 1 milhão de Loom, entre outros.

Criptos do Youtuber em corretoras

Muitos acreditam que Balina está a fingir ter sido hackeado para evitar pagar impostos sobre os seus investimentos em criptomoedas, visto ser necessário pagá-los até dia 17 de abril nos EUA, onde vive.

No entanto, o YouTuber de ICOs afirma que os hackers estão já a vender suas moedas em corretoras de criptomoedas populares, como a Binance e a KuCoin. É de notar que Balina é conhecido por partilhar o seu portfólio com todos os seus seguidores, o que faz dele um alvo.

Portfolio snapshot.

Catch more of stories on Instagram at @diaryofamademan. pic.twitter.com/PpDIrBNcjx

— Ian Balina (@DiaryofaMadeMan) April 14, 2018


Ganhe alto com a Binance

A maior e mais confiável das exchange está aceitando novos cadastros por tempo limitado, aproveite e obtenha grandes lucros no mercado de criptomoedas com essa incrível plataforma de trading.

Acesse já: https://www.binance.com